Imprimir

História

Gênesis da Paróquia Santuário São Vicente de Paulo

Um breve relato sobre a origem da Paróquia Santuário São Vicente de Paulo, na Vila Moinho Velho – São Paulo – SP.000 - Cópia

No dia 11 de agosto de 1940 instala-se solenemente a Paróquia São Vicente de Paulo, ainda uma pequena capela provisória na Via Anchieta, número 1252. O 1º Pároco foi o Pe. Manuel Gonzalez e seu vigário cooperador o Pe. Luiz Duprat. Acontece logo em 20 de outubro a Primeira Comunhão de 117 crianças. Inúmeras atividades e grupos começam a se organizar, por exemplo, com a vinda das Irmãs Filhas da Caridade de São Vicente de Paulo, surge a Escola para as crianças e é fundada a Conferência Vicentina para o atendimento aos pobres.

Dia 26 de janeiro de 1941, Pe. Manoel, com a presença de Dom José Gaspar, lançam a pedra fundamental da futura Igreja Matriz no centro da Praça Moinho Velho. No mesmo ano chega o Pe. Horta que se empenha, em união com toda a comunidade, para a construção da nova Igreja. Em 1943 lançam os alicerces.

Em 1946 começam as Celebrações das Santas Missas na nova Igreja e no dia 21 de julho, do mesmo ano, S. Excelência Cardeal Mota inaugura, abençoa e lhe confere o título de Santuário e Privilegiado o seu altar Mor.

Desde o início da comunidade São Vicente de Paulo, vai sendo construída uma bonita história de fé e evangelização. Nesta jornada sucederam-se muitos padres, diáconos, seminaristas, famílias, leigas e leigos na edificação desta Igreja de Jesus Cristo.

Hoje diversas pastorais, movimentos, associações, na dinâmica do servir, levam adiante o carisma do Padroeiro São Vicente de Paulo com fidelidade criativa a Jesus Cristo Evangelizador e Servidor dos Pobres.