Notícias › 18/04/2018

Imprimir

Assembleia Geral: Diretrizes Gerais da Ação da Igreja para 2019 serão revistas

O oitavo dia da 56ª Assembleia Geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) é de aprofundamento dos temas: Ano do Laicato, Semana Social e o Grito dos Excluídos. Reunidos em período integral no Centro de Eventos Padre Vítor Coelho de Almeida, os bispos brasileiros participam nesta quarta-feira, 18, de uma apresentação da Comissão para a Amazônia sobre o Sínodo Pan-amazônico e a situação dos imigrantes venezuelanos em Roraima.

A votação para a escolha dos bispos que irão representar o Brasil no Sínodo da Juventude em outubro deste ano, 2018, continua. O quinto Meeting Point teve como tema: “O desafio de atuação da Igreja nos grandes centros urbanos” e contará com a participação de Dom Walmor Oliveira, arcebispo de Belo Horizonte (MG).

No período da tarde, o episcopado, dividido em grupos, começará a levantar propostas para as Diretrizes Gerais da Ação da Igreja para 2019. Os bispos ainda refletirão sobre a atuação da Igreja na realidade urbana.

A coletiva de imprensa abordará o conjunto de temas sociais da Igreja, com foco na Comissão Especial para a Amazônia e a realização, em 2019, do sínodo dos bispos sobre o mesmo tema. Também será abordada a situação dos povos indígenas no Brasil. Participarão da coletiva o presidente da Comissão Especial para a Amazônia, Dom Claudio Hummes, o presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Ação Social Transformadora, Dom Guilherme Werlang e o presidente do Conselho Indigenista Missionário, Dom Roque Paloschi.

Por Canção Nova, com assessoria da CNBB